Divulgue sua empresa
Logotipo da Multiguias
Home Noticias Anuncie Contato

Doria diz que empresa que gerir Pacaembu deverá reformar ginásio anexo

Prefeito diz entender que essa será uma das obrigações previstas em contrato.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou nesta quinta-feira (3) que a empresa que ganhar a concessão do Pacaembu precisará fazer melhorias também da administração do complexo esportivo que fica atrás do estádio. Ele citou o ginásio poliesportivo, que tem capacidade para 2.500 pessoas.
“O ginásio precisa de reforma de atualização, a parte de iluminação, e de piso. Entendo que essa será uma das obrigações da empresa concessionária, a sua recuperação. E sempre olhar o Pacaembu como um todo, não em partes”, disse.
Ainda segundo Doria, a piscina passou por obras recentes e está em bom estado. Assim como a quadra de tênis.
O estádio está em processo de concessão e as empresas tiveram até esta semana para apresentar projetos à administração municipal indicando interesse em assumir a concessão e detalhes de como o espaço será administrado. Cinco grupos interessados protocolaram a documentação e encaminharam também projetos de arquitetura. A partir dessas informações, a prefeitura deverá publicar uma lista de habilitados e lançar a licitação para efetivar a concessão.
Segundo o jornal "Folha de S. Paulo", nenhum dos projetos apresentados ao conselho do patrimônio histórico e cultural (Conpresp) previu intervenções no complexo esportivo. Apenas o estádio está contemplado. Questionada, a prefeitura não detalhou os projetos e afirma que eles estão análise pelo Conpresp e pelo Condephaat, o órgão de patrimônio estadual. O estádio do Pacaembu é um bem tombado.

compartilhe





Notícias do dia

Doria diz que empresa que gerir Pacaembu deverá reformar ginásio anexo